Onde nasce a referência da lenda

Quando a pessoa cresce tendo Toy Story” como referência de animação, ela vê um filme crescer junto consigo. Quem acompanhou todos os filmes, curtas e longas, vai entender que é um filme feito pra acompanhar quem cresceu no decorrer dos acontecimentos do filme. Como os brinquedos evoluem emocionalmente com o passar do tempo que temos no filme. Nós crescemos junto com o Andy.

Eis que então eles inventam de jogar na tela o filme que inspirou o brinquedo que Andy tanto quis e tanto trouxe problemas para o Woody lá em 1995. LIGHTYEAR” é um filme maravilhosamente cativante e que mostra a criação do que seria inspiração para o boneco com o mesmo nome.

No filme temos o Patrulheiro Estrelar Buzz Lightyear, na voz original de Cris Evans (Entre Facas e Segredos,” “Vingadores – Ultimato) e na dublagem do apresentador Marcos Mion. Este patrulheiro acaba cometendo um erro que prende a todos num planeta desconhecido e, para isso, ele precisa fazer o cristal de fusão atingir a velocidade de dobra para tirar todos dali. Sendo que isso leva tempo e esse tempo gera questões que trazem problemas. Os problemas também pode ser aventuras e um convite à explorar o desconhecido. Com o aprendizado sobre responsabilidade e o companheirismo que um patrulheiro completo precisa ter.

É um filme esplendoroso. O sentimento de ver esse filme é um misto de nostalgia para quem cresceu vendo Toy Story com o patrulheiro de brinquedo e a satisfação e empolgação de ver a origem do referido personagem em uma forte aventura, empolgante e emocionante. Do riso ao choro, da aflição a empolgação. São esses os sentimento que se tem quando se vai “ao infinito e além”.

NOTA:

Leave a comment